SIGN UP FOR JOBS NEWS & ALERTS:
print Print    Share Share  

MISSÃO E PRINCÍPIOS

Feminismo n. a política, a preconização e o exercício da igualdade política, económica e social da mulher.

Missão

A Fundação Maioria Feminista (FMF) foi criada com o objectivo de desenvolver estratégias e programas inovadores para promover a igualdade da mulher, a não violência, o desenvolvimento económico e particularmente o empoderamento da mulher e das jovens em todos os sectores da sociedade. Os programas da FMF incluem uma perspectiva global e actividades que desenvolvam capacidade de liderança , especialmente entre jovens. Os programas da FMF tem focalizado o empoderamento da mulher nos domínios do direito, da medicina, do ensino, do desporto e da Internet, assim como na área dos direitos reprodutivos e acesso à tecnologia reprodutiva.

Princípios

Os princípios da FMF são os seguintes:

  • A FMF revindica a igualdade entre a mulher e o homem, as jovens e os jovens e apoia as medidas constitucionais e legislativas que visem a igualdade total a nível local, estadual, nacional e global.
  • A FMF defende o acesso legal, seguro e económico ao aborto, à contracepção e ao planeamento familiar, incluindo Medicaid (comparticipação do Estado) e alargamento destes serviços a menores.
  • A FMF dedica-se a obter direitos civis para todos, incluindo programas de acção afirmativa (quotas) para mulheres e pessoas de cor.· A FMF suporta a luta pelos direitos das lésbicas, dos “gay”, dos bissexuais e dos transexuais.
  • A FMF não permite discriminação com base no sexo, raça, orientação sexual, estatuto socio-económico, religião, etnia, idade, estado civil, nacionalidade de origem ou handicap.· A FMF promove a não violência e trabalha para a acabar com a violência contra a mulher.
  • A FMF encoraja programas dirigidos à preservação do ambiente, à despoluição da àgua e do ar, à eliminação de “smog”, dos lixos perigosos e tóxicos e das armas químicas e nucleares.· A FMF apoia as convenções colectivas dos trabalhadores, equidade dos salários e o fim das unidades de produção clandestinas.